• Tainá Alves - Dicas de inglês

INGLÊS AMERICANO & INGLÊS BRITÂNICO


Principais diferenças

Falar sobre este tema é bem interessante. É o tipo de assunto que podemos falar brevemente ou alongar se for o caso. Por hora, vamos explorar as principais diferenças entre um e outro, mas antes, vamos à algumas curiosidades.

  • CURIOSIDADES

O próprio nome já nos dá pistas sobre onde cada um é utilizado. O americano é falado em território americano; já o britânico, no território britânico. Parece óbvio, mas algumas pessoas têm dúvidas quanto a isso. Mas o fato curioso é que eles podem não se delimitar aos seus territórios, e serem falados em outras partes do mundo. Até porque, você é brasileiro e simpatiza e faz uso de um dos dois.

Provavelmente você vai aprender um pouco dos dois, ainda mais se você já passou por várias escolas de idiomas, aulas particulares, ou se já estudou muito sozinho. Mas o que realmente importa é a aplicação deles. Tem que saber em qual contexto você vai usar cada um.

E ah! Vale lembrar que não existe apenas o americano e o britânico, pois existem outros países do mundo que também falam inglês, cada um com o seu accent particular.

Além disso, existe o International English (Inglês Global) que é o inglês falado pelo mundo todo sem se prender a uma nacionalidade ou à outra especificamente. Observando de perto, é possível notar que a característica dele é voltada para o americano. A isto, é dado o nome de americanismo, já que o americano predomina.

Muito bem, então vamos às diferenças agora!

  • DIFERENÇAS

Existem quatro pontos nos quais eles diferem, e eu vou começar falando da ORTOGRAFIA.

O que eu tenho a dizer sobre isto é que você vai encontrar palavras escritas de maneiras diferentes entre o americano e britânico, porém, possuindo o mesmo significado.

E essas diferenças existem porque no inglês americano eles procuram escrever da maneira que falam/pronunciam as letras e a própria palavra. Já o britânico tem algumas palavras de origem francesa. Então vocês vão notar diferenças como:

British – American

favourite – favorite

mum – mom

realise – realize

grey – gray

centre – center

Total atenção agora, pois vamos falar da diferença de VOCABULÁRIO que é a mais significativa, porque você vai encontrar nomes completamente diferentes de um “inglês” para o outro, que significam a mesmíssima coisa. Porém, algumas coisas assumem nomes iguais e significados distintos.

A origem dessas diferenças tem a ver com a cultura local. E por isso, é importante saber aplicar as palavras adequadas dentro do contexto adequado.

Sabendo desta diferença, você pode evitar algumas gafes. Por exemplo, confundir pants com trousers. Pants no inglês americano significa calça, porém, no britânico, cueca. (nomes iguais, significados diferentes). Já a palavra trousers pode significar calça, em ambos.

Existem várias outras palavras como estas, claro! Mas a maioria é mais tranquila; ou seja, você não corre o risco de se ver quase sempre em situações delicadas. Exemplos:

British – American

barrister – lawyer

torch – flashlight

underground – subway

(nomes diferentes, significados iguais)

Vamos falar agora da diferença de PRONÚNCIA. Separei as três mais evidentes para falar com vocês.

Já ouvi algumas pessoas falarem que o inglês britânico é mais forte. Isso acontece porque no britânico a letra R só é pronunciada quando aparece na frente de uma vogal.

RIGHT - RETIRE - RED

Se essa consoante R não estiver na frente de uma vogal ela vai soar como se fosse um AH.

CAR – STRIKER – OVER

Já no americano, eles são fieis ao R e pronunciam certinho. Além disso, também reparei que o americano quando encontra um T na palavra, ou eles simplesmente “comem” o T ou eles pronunciam como se fosse um R. Já o britânico pronuncia como o T no português mesmo.

Como assim? Olhem estes exemplos!

Frase: THE INTERNET IS REALLY IMPORTANT TO ME.

americana: /The “inernet” is really “imporant” to me./

britânica: /The “internet” is really “important” to me./

E além dessas, o A de algumas palavras – como as dos exemplos abaixo –, no britânico é pronunciado na parte de trás da boca e no americano, na parte da frente.

CAN’T - GLASS - PAST

Muito bem! Vamos para outra diferença existente, GRAMÁTICA! Vou tentar ser breve dando apenas dois exemplos.

Então, algumas preposições são utilizadas de maneiras diferentes.

Os americanos diriam:

- HEY DUDE, LET’S GO OUT ON THE WEEKEND! ON SATURDAY I’M FREE AT 20 AFTER 4.

- I'M SORRY GUY, BUT I’M UNDER THE WEATHER, SO I’M GONNA STAY HOME.

Enquanto os ingleses diriam:

- HEY DUDE, LET’S GO OUT AT THE WEEKEND! ON SATURDAY I’M FREE AT 20 PAST 4.

- I'M SORRY GUY, BUT I’M UNDER THE WEATHER, SO I’M GONNA STAY AT HOME.

Acredito que tenha ficado bem clara a diferença, então agora, vamos ao segundo exemplo sobre have & have got.

Eles expressam posse, ou seja, se você quiser dizer que possui algo, pode fazer uso deles.

No britânico os dois são aceitos, porém no americano somente o HAVE. E isso soa meio estranho porque normalmente é no americano que pode tudo. Mas, observem:

HAVE YOU GOT A CAR?

YES, I HAVE GOT A CAR.

DO YOU HAVE A CAR?

NO, I DON’T HAVE A CAR.

Ficou claro, certo?

Com certeza existem outras diferenças gramaticais, mas aí seria bom se vocês aproveitassem para estudar mais sobre isso. Porém, se quiserem perguntar aqui embaixo mesmo, eu respondo. No problems!

......................................................................................................................................................................................

Por hoje é isso, bonitos! Dúvidas, perguntas, curiosidades? Deixem aqui embaixo!

See you!


#dicasdeingles #dicasdeinglês #inglêsbritânico #inglêsamericanos #diferençasentreoinglêsamericanoeobritânico #blogdeinglês

426 visualizações
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Inglês Compartilhado 2014 - 2020 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS